lillylovesgreen

sobre tudo um pouco

a dor a e a delícia de ser o que é 23 agosto, 2011

Filed under: amizade,de tudo um pouco,filme,música — Ligia @ 3:00 pm

Inspiração em um dia especial como hoje com vontade de simplesmente deitar em ‘lençóis de linho’, sentir-me em casa, cantar junto e ouvir música boa.

lay me down in sheets of linen
you  had a busy day today

Anúncios
 

sobre um outro josé 16 agosto, 2011

Filed under: de tudo um pouco,filme — Ligia @ 10:45 am

“Se eu tivesse morrido aos 63 anos, antes de te conhecer, teria morrido muito mais velho do que serei quando chegar a minha hora” – José Saramago para sua mulher, Pilar.

Porque nunca é tarde

Porque é sempre possível

Porque é pra todo mundo

E porque, pelo menos nos meus sonhos mais ingênuos, deve ser para a vida toda.

 

coisas para lembrar 10 agosto, 2011

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 12:16 pm

Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você
Além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava um rock
Para as matinês

Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigada a ser feliz
E você era a princesa
Que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país

Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Sim, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade
Acho que a gente nem tinha nascido

Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo
Sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim

 

João e Maria, Chico e Sivuca

 

wahrol já dizia 2 agosto, 2011

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 11:50 pm

Enquanto não vou à exibição de vídeos de Andy Wahrol que está rolando na cidade, compartilho algumas frases que copiei na ultima exposição de suas obras que fui – ano passado na Estação Pinacoteca:

“A fonte dos problemas das pessoas são suas fantasias. Se você não tivesse fantasias, você não teria problemas, porque você aceitaria qualquer coisa que estivesse na sua frente. Mas aí você não teria romance, porque romance é encontrar sua fantasia em pessoas que não são sua fantasia”

Faz sentido? Eu acho. E outra, que não me diz muita coisa:

“O sexo é uma ilusão. O mais excitante é não fazê-lo”

 

 

 

como uma onda no mar

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 8:07 pm

às vezes eu fico assim

é como um ciclo ou mesmo uma onda

que vai e volta, gira, gira e para sempre no mesmo lugar

um lugar que eu não gosto,mas  tenho dificuldade de sair sozinha

tanto medo, tanta angústia, tantas dúvidas e indecisões.

ô dureza, será que o F5 funciona? porque preciso de um refresh

 

a vida como ela é 27 julho, 2011

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 4:59 pm

 

codinome 11 julho, 2011

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 10:30 am

 

Pra que mentir
Fingir que perdoou
Tentar ficar amigos sem rancor
A emoção acabou
Que coincidência é o amor
A nossa música nunca mais tocou

Pra que usar de tanta educação
Pra destilar terceiras intenções
Desperdiçando o meu mel
Devagarinho, flor em flor
Entre os meus inimigos, beija-flor

Eu protegi teu nome por amor
Em um codinome, Beija-flor
Não responda nunca, meu amor (nunca)
Pra qualquer um na rua, Beija-flor

Que só eu que podia
Dentro da tua orelha fria
Dizer segredos de liquidificador

Você sonhava acordada
Um jeito de não sentir dor
Prendia o choro e aguava o bom do amor
Prendia o choro e aguava o bom do amor

http://www.vagalume.com.br/cazuza/codinome-beija-flor.html#ixzz1RR5z8VwX