lillylovesgreen

sobre tudo um pouco

viajar é preciso, viver não é preciso 22 dezembro, 2010

Filed under: viagem — Ligia @ 6:52 pm

 

ano novo, eba! 31 dezembro, 2009

Filed under: música,viagem — Ligia @ 3:18 pm

A primeira vez que vim a Trancoso foi em 2000 (ou final de 1999, não tenho certeza), com duas pessoas muito queridas na época. Daquela vez fomos ao show da Elba Ramalho, no quintal da casa dela 🙂 e a música que marcou a viagem foi a que dizia que nessa cidade todo mundo é d’oxum, que toda essa gente irradia magia. Tudo muito especial e depois disso muita coisa boa aconteceu.

Agora estou eu aqui de novo, às vésperas do ano de Vênus, o ano de Oxum, o ano da cor verde, o ano do amor.

Toda cidade é d’Oxum e toda essa gente irradia magia.

Que venha 2010!

IMG_0512

mais sobre o ano, aqui

mais sobre a música, aqui

mais sobre a cidade, aqui

 

Resuminho nr.2 7 outubro, 2009

Filed under: viagem — Ligia @ 8:55 pm

 IMG_0062 IMG_0306  IMG_0355 IMG_0387 NYC 038

 

resuminho 4 outubro, 2009

Filed under: viagem — Ligia @ 7:15 pm

  ‘NYC 002 NYC 039 IMG_0369 IMG_0329 IMG_0261 IMG_0225  IMG_0198IMG_0128 IMG_0074

 

uma linda surpresa: sitges 25 setembro, 2009

Filed under: viagem — Ligia @ 3:13 pm

Hoje passei o dia numa cidadezinha super chamosa que fica bem perto de Barcelona, praia linda e clima de verao que, por mais que o calendário diga o contrário, ainda nao deixou a Espanha… Os dias de calor sao um mais lindo que o anterior.

sitges

 

mais uma viagem! 15 setembro, 2009

Filed under: viagem — Ligia @ 4:30 pm
Tags:

Muita correria nas ultimas semanase pouco tempo para escrever tudo porque aqui estou mais uma vez: quase de ferias e pronta pra viajar!

Na verdade esse post ja escrevo do caminho (ainda trabalhando) e os planos incluem Madri, Barcelona, Toledo, Avila, Salamanca, Valencia e o que mais couber nos dias cheios e que o lonely planet  recomendar!

 

 

a semana nova iorquina 24 outubro, 2008

Filed under: dia-a-dia,viagem — Ligia @ 8:38 pm

Dos Caminos

Dos Caminos

No terceiro dia bati perna na 5th Av, sai com a Fá mas fomos dormir cedo – ela doente e eu acabada de taaaanto andar.

 

 

Dia 4> Nesse dia bati perna pelo Chelsea, um bairro super fofo e badalado onde estava hospedada. Com prédios do clássico redbrick, restaurantes e bares por todos os lados, esse bairro é uma ótima dica para ficar em NYC. Há metrô fácil e para vários pontos da cidade, caminhando é possível ir até o Empire States Building, Union Square, Bryant Park e Times Sq (Broadway e seus musicais etc). Ou seja, dá para passear bastante sem gastar com transporte – a viagem de metrô custa US$2,00, para quem vai ficar mais tempo vale a pena comprar o passe semanal, válido para um números ilimitado de viagens (também de ônibus)por sete dias e custa US25,00.

A noite foi punk: jantar com margaritas no Dos Caminos, restaurante mexicano super cool, esticada num bar privado exclusivíssimo chamado SOGO Bar – onde não podia nem tirar fotos (!!!!) e ainda depois em outro club que agora não me lembro o nome, vou checar. Foi sensacional!

Dia 5> Depois de uma noite uóóó, acordei tarde e fui ao MET, apelido carinhoso dado pelos nova iorquinos ao The Metropolitan Museum of Art – museu com um acervo super diverso com quadros renascentistas, esculturas egípicias até Andy Warhol! Muita coisa pra ver, foi ótimo mas pra ser sincera coisas muito antigas me cansam e sempre que vou a museus assim (o British Museum é bem isso) não consigo não pensar nos lugares da onde todas aquelas colunas, imagens, portais e pedaços de parede foram tirados.

O passeio vale muito a pena, o Museu é lindo por si só e ainda fica do ladinho, ou quase dentro, do Central Park.

Apple Store

Apple Store

Depois disso mais bateção de perna, fui à Sephora atualizar meu estojo de make e também na Apple Store fantástica na 5th Av. Essa noite foi tranqüila – a Fá foi cantar no Cachaça’s e eu fiquei em casa assistindo as novas temporadas de minhas séries favoritas.

 

 

Dia 6> Acordei mega-cedo para ir ao Brooklyn e Estátua da Liberdade. Foi diferente do dia que tinha ido até Wall St., por ser sábado as ruas estavam super vazias e os cafés só com turistas. Peguei uma bela fila para comprar tickets e depois entrar na balsa idem, já que os procedimentos de segurança são iguais aos dos aeroportos: é preciso tirar inclusive sapato e cinto! É tudo muito lindo, né?  Terceira vez em Nova York e primeira nesses dois lugares, gostei muito mais da ponte do Brooklyn do que da estátua pra dizer a verdade. As fotos vão ficar pra mais tarde, não consigo acessá-las de onde estou…

Nessa noite já comecei a arrumar as malas e cruzar os dedos pra ela fechar 🙂

Zinc BarDia 7> Neste dia fomos ao brunch, como já falei aqui. De noite foi a vez do Zinc Bar, onde fomos só pra beber cerveja mas a Fá deu uma palhinha.

Último dia> Buááááááááá – acabou! Nesse dia fechei a mala, comprei as últimas coisas que faltavam e fui almoçar sanduíche de bagel com Fabi (nham nham nham) a única coisa chata é que a van do aeroporto chegou quase uma hora mais cedo e tive que me despedir super correndo da Fá e seus filhinhos fofos, buááá.

(novas fotinhos mais tarde)

 

Empire States Building

Empire States Building