lillylovesgreen

sobre tudo um pouco

mais gandhi em minha vida 26 agosto, 2008

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 4:48 pm

Ontem, em uma reunião, o chefe disse coisas que fizeram muito sentido sobre como a gente vive muito mais o passado e o futuro, mas muito menos o presente. Na mesma reunião uma colega repetiu uma frase de um desenho que tinha visto com sua filha:

“o passado é história;

  o futuro é mistério;

 o presente é uma dádiva”

É hora de viver a vida de agora e não as lista de “por fazer” ou compromissos futuros, quero ser (e fazer) a mudança que eu quero ver nas coisas e pessoas.

Carpe diem … batido, já um clichê, mas super verdadeiro e necessário.

Anúncios
 

rezando por um anjo 20 agosto, 2008

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 12:05 pm

nos últimos dias o alívio se misturou com uma tristeza e angústia por noticias de Betânia, um anjinho que nasceu no dia 15 e que precisou de ajuda para respirar e se fortalecer desde então.

não há o que dizer e nem como entender como e porque Deus faz as coisas, mas estou rezando muito para que tudo aconteça da melhor forma possível.  

Cá e Rô, muita força e fé. Estamos aqui em São Paulo pensando muito em vocês.

 

finito! 15 agosto, 2008

Filed under: dia-a-dia,noias de mestrado — Ligia @ 4:09 pm

Acabei! Estou livre! Aleluia!

Quarta foi a defesa e naturalmente nenhuma das minhas alucinações se concretizou:) Foi tranquilo e muito bom, estou livre e sou mestre!

A sensação de dever cumprido é maravilhosa e melhor que isso foi a alegria do dia seguinte: tantos parabéns quanto num dia de aniversário. Agora é por a vida em dia, fiz até uma listinha das tarefinhas:

1. descansar;

2. descansar;

3. fazer matrícula na academia;

4. arrumar papelada e livros que não pretendo usar por um bom tempo;

5. ver todos os filmes que não vi nesses últimos anos;

6. ler todos os livros que tive vontade de ler mas precisei optar por livros sobre a dissertação;

7. organizar guarda-roupa;

8. começar a fazer coisas lindas em scrap como Cássia querida;

10. aprender a costurar.

Ufa, acho que é isso. Preciso começar o item 1. urgente!

 

I Wanna Be Sedated 12 agosto, 2008

Filed under: música,noias de mestrado — Ligia @ 5:51 pm

Twenty-twenty-twenty four hours to go I wanna be sedated
Nothin’ to do and no where to go-o-oh I wanna be sedated
Just get me to the airport put me on a plane
Hurry hurry hurry before I go insane
I can’t control my fingers I can’t control my brain
Oh no no no no no

Música do Ramones, letra daqui

 

Quanto custa ser gentil?

Filed under: noias de mestrado — Ligia @ 10:22 am

Desde ontem estava mais confiante e com os ânimos controlados, mas foi só falar com minha orientadora que voltou tudo à tona, à flor da pele. 

Custa dizer o que precisa ser diferente? Custa!

Custa fazer tudo isso por telefone? Custa!

Custa ser gentil e compreender que às vésperas da defesa qualquer um está endoidecendo de ansiedade? Custa muito!

Quero mais é que a tortura acabe, aprovando ou reprovando, já não me importo mais!

 

ui ui ui 10 agosto, 2008

Filed under: noias de mestrado — Ligia @ 5:25 pm

eletrocardiograma

Os batimentos cardíacos diminuiram, mas continuo tão ansiosa quanto.

 

Quanto mais ansiosa melhor

Filed under: dia-a-dia — Ligia @ 3:49 pm

Quarta-feira é o dia da minha defesa, isso quer dizer que, se tudo der certo, na quinta serei mestre – Ms. Ligia, thank you very much!

computs, óculos e chá, muito chá!

Isso também quer dizer que meu coração começou a bater mais rápido há uma semana, exatamente às vésperas da defesa de um colega de trabalho e eu, solidária como sou com a aflição alheia (…), comecei a ficar ansiosa por e com ele… Hoje é domingo, faltam dois dias e meio pra tal da banca e meu coração quase pula pela boca. Hoje já chorei, já me entupi de chocolate, de chá verde e até tomei um remedinho light anti-ansiedade, mas nada fez efeito: continuo apavorada com a possibilidade de dar tudo errado, de odiarem a dissertação, de zombarem de minha ingenuidade academica e especialmente com a infima chance de ser reprovada. Por mais tolo que possa ser, eu realmente tenho medo de ser reprovada em uma banca que todos cansam de me dizer ser apenas pro forma. Isso que dá ser insegura e com a auto-estima lá no pé… dá-lhe terapia!

Há horas tento acabar os slides para a apresentação, estou empacada no terceiro e devo fazer uns 12. Serão 20′ de apresentação, ansiedade pura, para o resto da vida de tranquilidade. Bora Lee Jones, está quase lá!